8 alimentos que pode consumir depois de expirar o prazo de validade

Todos já passámos por isto. Compramos alguma coisa, deixamos no frigorífico e quando nos lembramos, a data de validade já passou. Deitamos fora – muito a custo – a pensar no desperdício de dinheiro e de comida. A questão é: sabia que podia ter comido esses alimentos sem correr risco de vida?

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock

Já pensou na quantidade de alimentos que compra regularmente e acaba por deitar fora com medo que estejam estragados? Maggie Moon, dietista e autora do livro The Mind Diet (A Dieta da Mente), fez uma lista para o site Pop Sugar com alguns produtos que podem ser consumidos depois de terminado o prazo de validade. Vai ficar mais descansado depois de ler a lista.

OVOS

Não precisa de deitar fora aquela caixa de ovos cheia que não chegou a usar só porque passou o prazo de validade, assegura Maggie Moon. No entanto, tenha em atenção que deve mantê-los no frio para ficarem conservados.

FRUTOS VERMELHOS CONGELADOS

Comprar frutos vermelhos congelados é prático e funciona na perfeição para quando precisa de fazer uma sangria especial ou um cheesecake delicioso. Se comprar frescos, não têm prazo de validade, mas vão apodrecer mesmo à sua frente, ainda que estejam guardados no frigorífico. Já os congelados duram entre quatro a seis meses, um tempo considerável para dar asas à imaginação na cozinha.

HÚMUS

É daquelas entradas que vão bem com qualquer refeição. Simples, fácil de fazer e muito saboroso, já faz parte das mesas de festa dos portugueses. Se for de compra, caso não o tenha aberto, pode ficar no frigorífico por seis meses. «Se já estiver aberto, pode durar até uma semana», diz a dietista.

MANTEIGA

A manteiga serve para fazer ou acompanhar praticamente tudo. Pão, massa, vegetais, carne. É um item essencial, que não quer deitar fora, com certeza. Se estiver no frigorífico, pode conservá-la um a dois meses depois do prazo de validade. Uma nota: manteiga com sal pode durar mais tempo, uma vez que o sal funciona como conservante. Neste caso, é seguro guardar a manteiga dois ou três meses depois de expirar a validade.

CARNE

Bifes, galinha ou peru podem durar uns dois dias extra se ainda estiverem crus e no frigorífico. Mas sabia que a carne cozinhada dura mais tempo? Pode ir até três ou quatro dias depois da data. Por isso, «tem alguma margem de manobra para comer os restos de ontem», diz Maggie Moon.

PEIXE COZINHADO

Cozinhou uma pratada de peixe e não conseguiu acabar a refeição? Excelente, tem almoço para três ou quatro dias, pelo menos, se o mantiver no frio. Já peixe cru só dura mesmo um dia depois da data de validade, não se esqueça disso. E procure sempre sinais de deterioração, seja na textura, cor ou cheiro.

QUEIJO

Há vários tipos de queijo e nem todos têm o mesmo tempo de conservação. Queijos mais secos podem ser consumidos até um mês depois de serem abertos ou seis meses se não tiverem sido «estreados». Sempre no frigorífico. Já os queijos mais amanteigados devem ser consumidos até duas semanas, no máximo.

IOGURTE

Os iogurtes devem ser dos primeiros alimentos que deitamos fora um dia depois de passar a data, não é? Estamos completamente errados. Se estiver na conservado no frio, pode durar uma a duas semanas. Agora está a pensar em todos aqueles que deitou fora, não está? «Ainda assim, os iogurtes estragam-se muito facilmente à temperatura ambiente, coloque-os no frio assim que chega do supermercado», diz Maggie Moon.