A nova vida de Maria é no Local – Your Healthy Kitchen

Casou com 20 anos, aos 24 foi mãe pela primeira vez e aos 37 teve o quinto filho. Com o marido a trabalhar fora grande parte do tempo, Maria Gray fez da educação dos filhos prioridade. Até que há três anos resolveu abrir um pequeno restaurante no Mercado da Vila, em Cascais, o Local, que já tem dois irmãos em Lisboa. Sim, Maria tem o dom da multiplicação.

Texto de Catarina Pires | Fotografias de Luís Ferraz.

Diz que nunca teve grandes planos nem ideias precisas do que queria fazer na vida, mas parece que a vida tinha para ela. Maria Gray, 47 anos, é uma mulher feliz e bem resolvida. Percebe-se.

No Local – Your Healthy Kitchen, na 24 de Julho, em Santos, o seu segundo restaurante de comida saudável (e ótima), aberto em maio, e em vésperas de inaugurar o terceiro, na Rua Rodrigues Sampaio, em Lisboa [abriu em novembro, depois desta entrevista], conta, despachada, como a sua vida sempre foi uma surpresa, até para ela.

Maria Gray com o marido e os cinco filhos. Embora sintam a falta da sua presença em casa, são os seus maiores apoiantes

«Desde que me lembro de nova, não tinha grandes ideias do que queria fazer. Fiz um curso de Comunicação Social – que nunca exerci – e depois casei. Foi uma história de amor extraordinária. Conhecemo-nos, apaixonei-me, começámos a namorar dois meses depois e fui pedida em casamento logo a seguir. Atirei-me de cabeça.» Já lá vão 27 anos de casamento, celebrados recentemente, durante os quais nasceram cinco filhos.

Os mais velhos não chegam a um ano de diferença e têm 23 e 22, o mais novo tem 10. Com o marido trabalhar na banca, num grupo internacional, grande parte do tempo fora do país, primeiro em Madrid, onde a família chegou a viver nos primeiros anos, e depois em Londres, Maria dedicou-se à maternidade e à educação dos filhos.

Depois do nascimento do quarto, começou a ficar irrequieta e passou por uma experiência profissional num projeto de reabilitação de pessoas com deficiência. Mas a cozinha sempre foi uma paixão [cozinhar e correr são os seus «vícios»], e, quando o mais novo nasceu, para se manter ocupada, criou um blogue – o Gray’s Cuisine.

«Sempre me interessei por sabores novos e formas novas de cozinhar, mas com a preocupação da alimentação saudável.»

«Foi uma aventura. Era sobre formas diferentes de cozinhar e ingredientes que na altura ainda não se usavam cá. Sempre me interessei muito por sabores novos e formas novas de confecionar os alimentos e o blogue era sobre isso, mas sempre com a preocupação da alimentação saudável.»

Nisto estava quando surgiu a oportunidade de abrir um espaço no Mercado da Vila, em Cascais, cujo conceito estava a ser redefinido. Maria, que não é mulher de recusar desafios, agarrou a oportunidade. Na altura, não lhe passou pela cabeça que o negócio tomaria as proporções que tem hoje, mas, mais uma vez, «atirou-se de cabeça.»

E uma empresa que começou com sete funcionários, entre os quais se incluía a proprietária, hoje soma oitenta e de um passou a três restaurantes [Cascais, Santos e Avenida], onde a oferta de comida saudável é variada, sem fundamentalismos, para todos os paladares e opções, a um preço acessível e num espaço agradável.

Simples, como a vida de Maria, que conta com o apoio incondicional do marido e dos filhos, que se organizaram para a ajudar a concretizar esta aventura. «Durante vinte anos dediquei-me a criar os meus filhos, agora tenho este projeto, que implicou escolhas mas não sacrifícios. É muito gratificante e terá o seu tempo. Depois logo se vê.»


Veja também:

O melhor conselho para Rita Blanco: «Ler, ler sempre»