Acupuntura: agulhas que ajudam a curar

A acupuntura defende que as doenças surgem quando existe um desequilíbrio da nossa energia vital. O trabalho desta técnica da medicina tradicional chinesa passa por reequilibrar o nosso organismo e tem efeitos práticos bastante visíveis, tanto a nível físico como a nível psicológico.

Texto de Ana Patrícia Cardoso

STRESS E ANSIEDADE

A acupuntura ajuda a diminuir distúrbios hormonais como stress, ansiedade ou depressão. Através de uma tentativa de equilíbrio hormonal, as agulhas estimulam o relaxamento e aliviam tensões.

DORES

Esta técnica tem um efeito analgésico e pode servir como relaxante muscular, sendo um bom auxílio no tratamento de crises de cefaleias e enxaquecas, ou dores crónicas, como a lombalgia.

ALÍVIO DA TPM

A tensão pré-menstrual afeta cerca de trinta por cento das mulheres com ciclos menstruais regulares. Sintomas como cólicas, retenção de líquidos, dores ou humor instável podem ser amenizados através de um tratamento continuado.

QUIMIOTERAPIA

Este tratamento do cancro tem efeitos secundários que diminuem a qualidade de vida do doente, já fragilizado física e psicologicamente, na maioria dos casos. Vários estudos indicam que as sessões de acupuntura ajudam a controlar a náusea e o vómito causados pela quimioterapia.