Birras? Quatro técnicas que ajudam a acabar com elas

a carregar vídeo

Gritam, choram, esperneiam, fazem uma fita, não ouvem nada, ficam irritados. E, ao fim de uns minutos naquilo, somos nós que começamos às vezes a ficar sem paciência. As birras das crianças podem ser terríveis. Por isso pedimos à psicóloga Bárbara Ramos Dias algumas sugestões sobre a melhor forma de lidar com esses momentos de frustração dos filhos… e de impotência dos pais (veja o vídeo).

Além de quatro conselhos úteis e eficazes, a autora de Respostas Simples às Perguntas Difíceis dos Nossos Filhos (ed. Manuscrito) dá ainda algumas ideias para passar indicações claras aos filhos – para evitar o desgaste das ordens repetidas até à exaustação.