Brincar na Cozinha: doces de mães e filhas conquistam lugar na final

A primeira semifinal do passatempo Brincar na Cozinha com Teka decorreu neste sábado, 29 de fevereiro, em Lisboa (Fotos: Filipa Bernardo/ Global Imagens).

Happy Family, de Vieira do Minho, e a M&M, de Vila Real, são as primeiras equipas apuradas.

Texto de Marisa Silva

Os doces rechearam o banquete da primeira semifinal do passatempo Brincar na Cozinha com Teka, que decorreu neste sábado, 29 de fevereiro, em Lisboa. Distribuídos por quatro bancas, pais e filhos confecionaram tarte de maça, língua da sogra, salame e Paris Brest. Desligados os fornos, coube ao júri selecionar as duas melhores iguarias. Uma tarefa nada fácil.

Happy Family, de Vieira do Minho, e a M&M, de Vila Real, conquistaram um lugar na final. As duas duplas, compostas por mãe e filha, regressam à capital a 21 de março. Chefes Almeidas, de Oeiras, e Família Machado, de Mirandela, ficaram pelo caminho, mas não regressaram a casa de mãos a abanar: receberam mil euros em eletrodomésticos da Teka e uma bagagem cheia de boas recordações.

Até lá, a 7 de março, realiza-se mais uma semifinal. Na ementa, há alheira, piza com legumes, filetes e pavlova de frutos vermelhos. À volta do fogão, vão juntar-se famílias de Vila Nova de Gaia, do Porto, de Braga e de Faro.

Nas semifinais, à medida que os ingredientes se misturam no tacho, o júri – composto pelo chefe Chakall, por Teresa Lagoa, diretora de marketing da Teka, por Jorge Pedroso Faria, editor executivo da revista “Notícias Magazine” e por Filipe Gil, da “DN Life” – vai saltando de banca em banca, avaliando a interação e a diversão em família, dois dos critérios para eleger um vencedor.

Para a derradeira etapa, o júri deixa um desafio: as famílias devem cozinhar uma receita saudável, aproveitando produtos da época. Há que cortar no açúcar e dar asas à imaginação.