Chorar é um bom remédio contra o stress

Quem nunca teve vontade de fechar-se numa sala e chorar até não conseguir mais? Por vezes, é a única forma de aliviar a angústia, a raiva, a impaciência, a frustração ou a dor que sentimos quando a vida não nos corre como planeado. A tendência – sobretudo no trabalho – é evitar e seguir em frente, não dar «parte fraca». Mas a solução pode ser exatamente o oposto. Para uma vida sem stress, o melhor mesmo é deixar cair as lágrimas sempre que sentir necessidade, dizem os especialistas.

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock

Em vez de uma boa gargalhada, uma cerveja com os amigos ou uma boa noite de sono, por vezes tudo o que precisamos é de um bom momento de choro.

Quem o diz é japonês Hidefumi Yoshida, que se intitula o «professor das lágrimas» e que viaja pelo Japão a dar workshops e palestras nas empresas e escolas sobre as vantagens psicológicas de chorar. «Não tenho dúvidas de que chorar é mais eficaz na redução do stress que rir ou dormir», diz, citado pela This is Insider.

Vê filmes «para chorar», lê livros com finais tristes, ouve música que lhe fala ao coração? Não, não está a ser demasiado sentimental. Está, na verdade, a reduzir os níveis de stress, de acordo com Yoshida.

«Chorar é um ato de autodefesa contra a acumulação de stress»

«Este tipo de atividade pode trazer benefícios incríveis para a saúde mental. Trabalha o sistema nervoso, desacelera o ritmo cardíaco e tem um efeito calmante».

E o professor vai ainda mais longe. «Se chorar uma vez por semana, pode ter uma vida livre de stress».

Não é o que todos desejamos?

Junko Umihara, professor na Nippon Medical School no Japão, corrobora esta teoria. «Chorar é um ato de autodefesa contra a acumulação de stress», disse ao Japan Times.

Chorar tem mais efeitos no organismo humano do que podemos imaginar. Em 1981, William Frey, responsável pelo Ramsey Medical Center de Minneapolis, conduziu um estudo em que chegou à conclusão que o choro libertava toxinas. Ou seja, estamos realmente a desintoxicar quando choramos.

Da próxima vez que sentir as lágrimas a chegarem, não se acanhe. Respeite o momento e perceba como vai sentir-se melhor.

LEIA TAMBÉM:

Quer combater o stress do dia-a-dia? Estes conselhos podem ajudar