«Pode o meu desvio nasal estar ligado a mais dificuldades respiratórias?»

Temos consultório aberto 24 horas por dia, todos os dias, pelo e-mail consultorio@dnlife.pt. Envie as suas dúvidas sobre saúde e bem-estar, físico e mental. Nós respondemos, com a ajuda de médicos e especialistas.

A otorrinolaringologista Liliana Costa responde a uma questão sobre que implicações pode ter um desvio nasal para a saúde.

Tenho um ligeiro desvio no nariz e tenho tido mais dificuldades respiratórias (e cansaço) ultimamente. Pode estar ligado a este desvio? Há conselhos que me possam dar para melhorar a respiração? R.S.

Existem diferentes graus de desvio do septo nasal com consequências diferentes: desde assintomáticos até causadores de graves implicações funcionais e estéticas, com grande compromisso da qualidade de vida. O principal sintoma é a obstrução nasal crónica (dificuldade em respirar pelo nariz), que por sua vez pode diminuir a qualidade do sono, provocar cansaço diurno, facilitar a roncopatia e a secura da boca.

Deve, portanto, procurar um médico otorrinolaringologista para fazer uma avaliação cuidadosa para verificar se o desvio do septo que apresenta justifica os sintomas, se existem outros problemas nasais associados (hipertrofia dos cornetos inferiores, rinossinusite crónica com ou sem pólipos nasais, deformidade da pirâmide nasal), para assim propor-lhe o tratamento mais adequado.

Como medidas gerais para melhorar a permeabilidade nasal, sugere-se a realização de lavagens nasais diárias com solução de água do mar ou soro fisiológico; salvaguarda-se porém que, existindo um desvio do septo nasal, o único tratamento que corrigirá definitivamente esta situação será a cirurgia (septoplastia).