«Depois de uma infeção urinária, quando se pode ter relações sexuais?»

Temos consultório aberto 24 horas por dia, todos os dias, pelo e-mail consultorio@dnlife.pt. Envie as suas dúvidas sobre saúde e bem-estar, físico e mental. Nós respondemos, com a ajuda de médicos e especialistas.

Hoje, o médico urologista Paulo Ravara responde a uma questão relacionada com uma infeção urinária. Reunimos ainda seis dicas para prevenir este problema, que afeta mais as mulheres. Veja na fotogaleria em cima.

Doente: Estou com uma infeção urinária e estou a tomar medicação, receitada por um especialista, mas gostaria de saber quando posso voltar a ter relações sexuais e se posso ter sido infetada pelo meu parceiro?

Enquanto for portadora da infeção urinária, ela é contagiosa.

Como é que sabe se já está curada da infeção urinária e deixou de ser contagiosa? Quando terminar o antibiótico, que deve ser combinado com o seu médico assistente e que deve ser tomado pelo menos durante oito dias, deve deixar passar uma semana de intervalo – para passar o efeito do medicamento – e repetir a análise.

Se a análise for negativa, já não tem o vírus em atividade e pode voltar à sua vida sexual. Há a possibilidade de ser o seu parceiro que está infetado e que lhe passou a anomalia. Mas não é necessariamente assim.

A realidade é que as infeções urinárias nas mulheres, que surgem após as relações sexuais, normalmente são causadas pelo seguinte: existem umas bactérias que se encontram dentro do intestino – e que enquanto estão lá não dão qualquer infeção. Mas é normal que saiam para a pele do períneo – até pode ser quando a pessoa vai à casa de banho – e quando tem relações sexuais estas bactérias são empurradas para dentro da vagina e chegam à uretra. E aí já não são comensais, já provocam a infeção.

É o facto de ter relações sexuais que pode provocar a infeção mas não é obrigatório que o companheiro tenha realmente a infeção em atividade.