«Manchas na pele, escuras, são normais com o envelhecimento?»

Temos consultório aberto 24 horas por dia, todos os dias, pelo e-mail consultorio@dnlife.pt. Envie as suas dúvidas sobre saúde e bem-estar, físico e mental. Nós respondemos, com a ajuda de médicos e especialistas.

O dermatologista Paulo Ferreira responde a uma questão relacionada com o aparecimento de manchas na pele.

Sou homem e tenho 55 anos. De há uns tempos para cá, apareceram-me manchas na pele, escuras, tipo sinal. Mais nas zonas que apanham mais sol (cara, mãos e pés). Será uma situação normal da idade? Como devo proteger-me?

Com a exposição continuada ao sol, ao longo dos anos, a pele vai-se deteriorando. O seu aspeto fica mais enrugado, sem firmeza, sem elasticidade, com alterações na textura e, por vezes, aparecem manchas.

As lesões hiperpigmentadas podem assumir várias formas e surgir de forma localizada ou disseminar-se. Essas lesões têm de ser analisadas por um dermatologista.

Há tratamentos concordantes com o prognóstico das mesmas, que vão das ações de despigmentação, à necessidade de biopsia ou excisão cirúrgica da lesão na sua totalidade. Para os casos de lesões benignas existe tecnologia laser e luz pulsada, bem como peeling químico. A proteção solar é sempre imprescindível.