Ikigai: o guia para uma vida longa e feliz

São melhores amigos e juntaram-se para escrever mais um livro ligado à cultura japonesa. Depois de Ikigai – Viver Bem Até aos Cem, Francesc Miralles e Héctor García decidiram agora lançar Ikigai – Guia Prático. Um livro que promete esclarecer todos os interessados em viver uma vida longa e feliz.

Texto de Alexandra Pedro | Fotografia ShutterStock

«É uma palavra japonesa para a qual não existe tradução, mas que pode significar uma razão para estar vivo ou a alegria de se manter ativo». Francesc Miralles designava assim Ikigai, em entrevista à Notícias Magazine, no ano passado.

Aquando desta entrevista, após o lançamento Ikigai – Viva Bem Até Aos Cembest-seller internacional -, Francesc e Héctor García começaram a delinear o seu próximo projeto: um novo livro que explicasse aos leitores como podem encontrar o seu ikigai.

«Temos o prazer de lhe dar uma ferramenta que vai revolucionar o seu futuro, ajudando-o a compreender o passado para viver o presente como quiser», pode ler-se na introdução da nova obra dos autores Ikigai – Guia Prático [ed. Albatroz].

Francesc Miralles e Héctor García esclarecem as suas pretensões logo no início da obra: «este guia é um roteiro que o ajudará a manter a harmonia ao longo das inevitáveis oscilações da sua existência em constante mudança, integrando o passado, o presente e o futuro no cumprimento da sua missão pessoal».

Ikigai – Guia Prático, de Héctor Garcia e Francesc Miralles

Mas como colocar em prática? O livro divide-se em 35 estações, que são, além de experiências dos autores no Japão, formas de estar e de olhar para a vida. «A lei dos 21 dias», por exemplo, que pretende eliminar maus hábitos da sua rotina e implementar novos objetivos. Para tal, os autores criaram uma série de passos:

1º Passo: Identificar como e quando aparece o hábito;

2º Passo: Identificar a recompensa

3º Passo: Estabelecer a rotina. Mudar subitamente uma rotina é muito difícil, por isso é importante identificar uma boa recompensa no 2.º passo que nos compense e motive o suficiente para que a mudança se torne uma realidade;

Na 11ª estação, «Sair da Zona de Conforto», os autores desafiam os leitores a sair do «mundo conhecido» e fazer uma «excursão fora da sua zona de conforto, como um alpinista que vai treinando nas montanhas mais próximas antes de chegar ao cume».

E, mais uma vez, são dadas algumas dicas de como o deve fazer sem necessitar de grandes aventuras:

  1. «Vá para o trabalho ou para as aulas por um caminho diferente»
  2. «Leia um livro de um autor desconhecido»
  3. «Passei por uma zona onde nunca tenha estado»
  4. «Aprenda algo novo»
  5. «Renove as suas amizades»

No último capítulo, a viagem pelo presente, encontram-se as últimas quinze estações. Na estação do Tato – A Importância do toque, Francesc Miralles e Héctor García questionam: «há quanto tempo não dá um abraço de verdade? Já pensou que o corpo e a mente também precisam desse tipo de alimento para terem energia e alcançarem objetivos?».

É através de todas estas estações que os autores – através do conhecimento que adquiriram – tentam estimular os seus seguidores. «O curso termina aqui mas agora começa a parte mais importante. Quando fechar este livro, depois de analisar as 35 chaves do guia Ikigai, parta à aventura», lê-se no fim da obra.