A influência do Mercúrio retrógrado nas nossas vidas explicado pela ciência (ou não)

Já ouviu falar do Mercúrio retrógrado? É um fenómeno astrológico que acontece pelo menos três vezes por ano e no qual quem lê os astros e os horóscopos vê a explicação para os problemas de comunicação e muito do que nos corre mal. Já a astronomia considera-o um acontecimento banal, estudado há vários séculos. Afinal, que influência tem Mercúrio na nossa vida?

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock

A cada quatro meses, Mercúrio aparenta estar a girar no sentido contrário. Isto é: o movimento de rotação do astro torna-se mais lento e, ao observá-lo aqui da Terra, parece que está a andar para trás.

Para Carlos Santos, astrónomo no Observatório Astronómico de Lisboa, esta é uma questão simples. «É tudo uma ilusão de ótica. Só acontece porque estamos na Terra a olhar para Mercúrio. Se vivêssemos no Sol, não tínhamos essa impressão. Os dois planetas andam sempre para a frente. Só pelo facto de um planeta ultrapassar o outro durante algum tempo, do nosso ponto de vista, parece que está a andar para trás.» Não é um momento significativo, uma vez que perceberam o que acontecia há centenas de anos.

Na astrologia, a explicação vai para além da ilusão ótica, como explica a astróloga Isabel Guimarães: «Mercúrio é o planeta mais próximo do Sol. Todos os signos têm um planeta atribuído e, no caso de Mercúrio, é Virgem e Gémeos. É representado pela casa três e seis e é o símbolo da comunicação. Falamos de todo o tipo de comunicação, seja escrita, falada, telepática ou qualquer tecnologia que nos ajude a comunicar. Quando Mercúrio está em modo retrógrado, a comunicação deixa de estar fluida e é notório no dia-a-dia.»

O fenómeno não afeta todos os signos ao mesmo tempo. «Por exemplo, neste momento Mercúrio está retrógrado em Sagitário por vinte dias».

De que forma sentimos que a comunicação está a ser afetada?

«Neste período os e-mails não chegam, o computador avaria, a internet fica lenta. Não compre telefones ou carros. O que quer dizer retrógrado? Rever, reanalisar, reestruturar. Sãos os três r’s. É uma boa altura para rever projetos, reanalisar as comunicações que ficaram por resolver com os seus. Não é tudo mau, atenção. As pessoas têm a ideia errada. Nós não vemos nada como mau na astrologia, vemos sobretudo como prevenção», explica a astróloga.

Carlos Santos distingue as duas visões de forma clara. «A origem da astronomia e da astrologia é a mesma. Os astrónomos eram astrólogos e vice-versa. São ambos observadores do céu. É a interpretação da observação que os distingue. O que se retira desse registo em relação à influência que tem é algo que foge completamente ao âmbito da ciência. Uma coisa fundamental da nossa área é que as coisas são reproduzíveis, ou seja, o mesmo feito produz sempre o mesmo resultado. Um azar não se repete todos os anos».

Trocando por miúdos, «se Mercúrio está em movimento retrógrado e eu, desta vez, tropeço e parto uma perna, não quer dizer que da próxima vez vá partir novamente. Aliás, espero que não».

Já Isabel garante que o movimento dos planetas influencia de forma direta os comportamentos na Terra. «O comportamento dos animais, plantas ou pessoas é influenciado pelo movimento dos planetas. Por exemplo, se a lua está cheia, sentimo-nos todos muito mais emotivos».

Acreditemos, ou não, na influência dos planetas na nossa vida, uma coisa é certa: as duas visões caminham lado a lado no fascínio pelo espaço, que ainda guarda tanto por descobrir.

MERCÚRIO RETRÓGRADO EXPLICADO EM VÍDEO:

a carregar vídeo