Melhor do que viagra? Só mesmo este alimento que reduz a impotência até 40%

Lá se vai a ideia de que o azeite só serve para temperar saladas, apaladar bolos e fazer polvo à lagareiro. Sobretudo, lá se vai a impotência sexual.

Texto de Ana Pago | Fotografias da Shutterstock

Azeite faz bem a quase todos os pratos da nossa cozinha. É do melhor a hidratar e evitar os danos do stress oxidativo que envelhecem a pele, o que faz dele um poderoso aliado da cosmética. Ajuda no processo de reconstrução muscular, a manter a função cardíaca, a reduzir o colesterol e até a prevenir cancros, diabetes tipo 2, depressões, osteoporose, inflamações e doença de Alzheimer.

A única coisa que não sabíamos e importa saber, descoberta agora por uma pesquisa realizada na Universidade de Atenas, Grécia, é que o azeite também ajuda a reduzir o risco de disfunção erétil em até 40 por cento, o que o torna mais eficiente do que qualquer fármaco a assegurar uma vida amorosa ativa, continuada e de qualidade na terceira idade.

«O viagra não melhora o desempenho sexual a longo prazo, apenas gera um efeito momentâneo», explicou ao The Telegraph Christina Chrysohoou, a principal autora do estudo apresentado em agosto no Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia em Munique, Alemanha.

Nove colheres de sopa de azeite por semana é uma solução livre de medicamentos que permite aos homens manterem a sua função sexual.

Pelo contrário, o consumo de nove colheres de sopa de azeite por semana «é uma solução livre de medicamentos que permite aos homens manterem a sua função sexual», apurou a especialista em cardiologia da Universidade de Atenas, após analisar exaustivamente 670 homens da ilha grega de Ikaria, com uma idade média de 67 anos.

Sobretudo se, além do azeite, o cardápio semanal incluir legumes, fruta fresca, peixe, cereais integrais, frutos secos, proteína na conta certa, leguminosas secas e um pouco de vinho tinto, seguindo os princípios da dieta mediterrânica.

Menos gordura no corpo, sustentam os investigadores, traduz-se em níveis mais elevados de testosterona no organismo. Já para não falar num coração e artérias saudáveis a bombearem sangue para as virilhas a todo o vapor, com os benefícios que daí decorrem em termos de melhoria da saúde e aumento da potência masculina.

Azeite e um estilo de vida saudável têm um impacto tremendo na capacidade sexual dos homens a partir da meia-idade até à velhice.

«Consumir azeite e manter bons hábitos relacionados com o estilo de vida tem um impacto tremendo na capacidade sexual dos homens a partir da meia-idade até à velhice», confirma Christina Chrysohoou, segura da eficácia desta receita depois de os participantes que a seguiram terem reduzido até 40 por cento o risco de disfunção erétil.

E já que é de sexo (do bom) que lhe falamos, atreva-se ainda a investir em brincadeiras como as que sugerimos na fotogaleria para dar gás à sua vida a dois.