Não consegue dormir bem com o seu parceiro? Estas 4 dicas vão ajudar

Dividir a cama com outra pessoa nem sempre é romântico e sinónimo de noites bem dormidas. Como dormir bem sem pôr a relação em causa? Basta fazer o esforço.

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock

Uma noite com o parceiro pode ser um desafio. Vamos admitir. A respiração pesada, os movimentos que não param, o lençol que não chega para os dois. Tudo isto são detalhes que podem fazê-lo ficar acordado às voltas.

Encontrar a harmonia durante a noite com a pessoa de quem gosta é um dos passos mais relevantes para a felicidade conjugal. Se, pelo contrário, por algum motivo, as noites parecem não funcionar, pode ter um problema no futuro. Afinal, ninguém aguenta muito tempo sem uma noite bem dormida e, aos poucos, começa a desejar dormir sozinho.

Antes que isso aconteça, estes pequenos ajustes na sua rotina podem ter um alcance significativo na dinâmica do casal.

TECNOLOGIA FORA DO QUARTO

Deixe os dispositivos móveis fora do quarto. Ainda há despertadores analógicos para o acordar de manhã e este deveria ser o momento do casal. Trocar carinhos, conversar, ficarem abraçados na cama é uma forma de se sentirem mais confortáveis no mesmo espaço. Já basta o dia todo que passa a cumprir tarefas e a fazer scroll nas redes sociais. Levar isso para a cama dá a ideia que o seu par vem em segundo plano.

SEXO ANTES DE DORMIR

Não é preciso pensar muito para perceber porquê. Um estudo da Universidade de Adelaide concluiu que sexo antes de adormecer melhora o sono. O clímax de uma relação sexual liberta endorfina e dopamina e ambas ajudam a reduzir o stress e a acalmar o corpo. Estar mais relaxado vai fazê-lo dormir melhor, mesmo com outra pessoa ao lado. Está a perguntar-se: «Mas tenho de fazer sexo todos os dias para dormir bem?» Provavelmente, não vai acontecer. Mas basta que se torne «rotina» (salvo seja) na sua relação e vai perceber que, aos poucos, vai conseguindo dormir melhor.

DORMIR À MESMA HORA

O ideal é que ambos se deitem à mesma hora, para adormecerem ao mesmo tempo e ninguém acordar o outro. Chris Brantner, coach na Sleep Science, nos Estados Unidos, diz que «o momento em que os casais adormecem é de grande intimidade. Casais com padrões de sono distintos demonstram maiores índices de discussões, menos conversas e menos sexo. E, claro que, se alguém vai dormir depois, vai ligar luzes, fazer barulho, perturbar aquele momento de descanso do outro. Se quer dormir bem com a cara-metade, o ideal é chegar a um consenso e criar uma rotina comum.

COBERTORES SEPARADOS. PORQUE NÃO?

É ótimo ver um filme debaixo do mesmo cobertor. Na hora de dormir, a conversa é outra e pode facilmente transformar-se numa luta para ver quem dorme menos destapado. Se tiver o seu próprio cobertor, isso não vai acontecer nem vai acordar com frio. Não está a ser individualista, está apenas a zelar por uma noite bem dormida em casal.