Como proteger os seus ouvidos durante o inverno

O inverno é a altura mais propícia para constipações, gargantas inflamadas, narizes entupidos. Mas não só. Os seus ouvidos também merecem cuidado extra nesta altura.

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock

É nos meses mais frios que ocorrem, em Portugal, cerca de 60 por cento dos casos de otites médias agudas, segundo um dos estudos realizados pela GAES – Centros Auditivos.

Crianças e idosos são os mais afetados por problemas auditivos no inverno porque o seu sistema imunitário possui menor capacidade defensiva perante agressões externas como o vento, o frio ou a chuva.

EVITE OS COTONETES

A higiene dos dos seus ouvidos é muito importante. O uso de cotonetes contribuiu para a acumulação de cera junto à membrana timpânica. Use antes difusores de água marinha e não se esqueça de limpar cuidadosamente os ouvidos com uma toalha assim que sai do banho.

CUIDADO COM A ALIMENTAÇÃO

Pode nunca ter relacionado a sua alimentação com os ouvidos mas a verdade é que estão relacionados. Uma alimentação cuida, rica em vitamina B-12 (leite e derivados, ovos, carnes vermelhas, algas, fígado) não só beneficia o sistema nervoso como o seu aparelho auditivo.

NÃO IGNORE OS SINTOMAS

Assim que sente uma dor ou desconforto, não pense que vai passar. Vá ao médico e faça uma avaliação auditiva. É importante fazê-lo em qualquer momento, mas sobretudo após ter tido alguma infeção nos ouvidos. É importante fazer um acompanhamento para evitar otites mal curadas, que podem provocar inflamações ou problemas de audição.

EXTRA CUIDADO QUANDO ESTÁ DOENTE

Doenças como a bronquite, faringite ou gripe podem afetar os seus ouvidos. Mesmo que esteja doente com algo que não está diretamente relacionado com o aparelho auditivo, fique atento porque o sistema imunitário fica debilitado e podem surgir focos infecciosos.