Sónia Morais Santos: perder um amigo e pedir ajuda para lidar com a tristeza. “Ainda há muito tabu com a saúde mental”

a carregar vídeo

Foi colega, foi chefe, foi amigo, foi padrinho de casamento (e padrinho profissional), foi mentor, foi confidente. Pedro Rolo Duarte foi tudo isto e muito mais na vida de Sónia Morais Santos. Mas, em 2017, o jornalista morreu e a vida da autora do blogue Cocó na Fralda levou um grande abanão. Numa entrevista da série Ninguém Disse que Isto ia Ser Fácil, Sónia fala do processo de luto e da psicoterapia a que teve de recorrer para superar a perda. E lembra que uma depressão – como a que teve após a morte do amigo – precisa de tratamento e que está mais do que na altura de deixar cair o estigma em torno da saúde mental.

Entrevista de Paulo Farinha

Veja AQUI outros excertos da entrevista (e a conversa completa):

O nome do blogue “Cocó na Fralda”: “Se pudesse voltar atrás…” (4:23)
“Recebo histórias de muita infelicidade” (3:07)
Dias de férias sem filhos? Sim, claro (6:55)
O que é preciso para mudar de vida? Coragem e disciplina (5:15)
Trabalho, cesarianas, amamentação…: os sentimentos de culpa das mães (4:27)
“O tempo que os filhos passam agarrados ao telemóvel é o grande desafio hoje” (6:57)
O seu marido assistiu ao parto do filho? Pode agradecer à “Cocó na Fralda” (3:34)
Entrevista completa à autora do blogue de família mais conhecido em Portugal (52:30)

Esta conversa com Sónia Morais Santos faz faz parte da série de entrevistas NINGUÉM DISSE QUE ISTO IA SER FÁCIL, sobre família e relações, conduzidas pelo jornalista Paulo Farinha. Com psicólogos, psiquiatras, opinion makers, psicoterapeutas, terapeutas de casal, educadores, enfermeiros, pediatras, juízes, professores e outros profissionais que ajudam a entender as histórias do dia a dia dos filhos que estão a crescer, dos pais que estão a envelhecer, da relação que parece à deriva ou da família que não escolhemos mas com a qual temos de lidar. Veja aqui outros vídeos.