Um banho quente por dia ajuda a combater a depressão

Woman holds her feet up while in a hot tub with steam

Não é só a chegada do frio que aconselha um banho quente por dia. Segundo um novo estudo, esta prática diária pode ter efeitos mais eficazes que fazer exercício físico, no combate à depressão.

Texto de Ana Patrícia Cardoso | Fotografia de iStock

Todos sabemos que um bom banho no final do dia ajuda a combater o stress e a relaxar. Mas, segundo uma pesquisa publicada na New Scientist, pode ainda ir mais além. Um banho quente pela tarde pode fazer mais pelo ânimo de uma pessoa com depressão do que fazer exercício.

Os autores do estudo da Universidade de Freiberg, na Alemanha, afirmam que um banho de meia hora à tarde, com temperatura de 40º C, ajuda a elevar a temperatura do corpo e a restaurar o ritmo circadiano (as mudanças físicas e bioquímicas que o corpo sofre ao longo do dia – o ciclo biológico) que afeta todos os nossos órgãos, incluindo o cérebro.

45 pessoas com depressão foram divididas em dois grupos. Um deles tomou banhos diários de água quente até 30 minutos e depois permaneceram mais 20 enrolados em mantas e garrafas de água quente. O outro fez exercício físico duas vezes por semana, durante 45 minutos.

Oito semanas mais tarde, quem tomou banho apresentou uma média de seis pontos a menos numa escala de depressão, enquanto o grupo de exercício apenas apresentou menos três pontos.

Apesar de a amostra ser pequena, a verdade é que este resultado vem dar luz a mais uma forma de combate – desta feita, mais acessível – a uma das doenças mais comuns da atualidade.

LEIA TAMBÉM:

«É com isto que a depressão se parece»

Guerra e paz nos relacionamentos prejudica a saúde mental