Dois milhões de portugueses fizeram a vacina da gripe no ano passado. E este ano já se vacinou?

Quem pode tomar a vacina gratuitamente? De quanto em quanto tempo deve ser tomada? Quais os seus principais benefícios? Estas e outras questões respondidas pela Direção-Geral de Saúde.

Texto de Alexandra Pedro | Fotografia ShutterStock

No ano passado, vacinaram-se dois milhões de portugueses. Este ano (2018/2019) a época de vacinação começou mais cedo para «melhor e maior proteção durante o período da epidemia da gripe», de acordo com a Direção-Geral de Saúde (DGS). Desde o dia 15 de outubro que estão a ser administradas a vacina contra a gripe.

Quais os benefícios, contra indicações e a partir de que idades pode ser tomada?

Quais as principais recomendações da DGS em relação à vacina da gripe?
A vacinação contra a gripe é a principal medida de prevenção contra a gripe e tem como objetivo proteger as pessoas mais vulneráveis, prevenindo a doença e as suas complicações. A vacinação contra a gripe é fortemente recomendada a pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, doentes crónicos e imunodeprimidos (a partir dos 6 meses de idade), grávidas e profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados (por exemplo, em lares de idosos). Aconselha-se também a vacinação às pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos.

A partir de que idade pode ser tomada?
A partir dos 6 meses de idade.

«A vacinação é a melhor prevenção, sobretudo para as complicações graves»

A vacina é gratuita?
No Serviço Nacional de Saúde, a vacina será gratuita para os cidadãos com idade igual ou superior a 65 anos, para pessoas residentes ou internadas em instituições, para pessoas com algumas patologias definidas e para os bombeiros, sem necessidade de receita médica ou de pagamento de taxa moderadora.

Onde devem as pessoas dirigir-se para levar a vacina?
Nestas condições, as pessoas devem dirigir-se ao seu centro de saúde.

Quais os principais benefícios e contra indicações desta vacina?
A gripe é uma doença contagiosa que, habitualmente, se cura espontaneamente. Mas, podem ocorrer complicações, particularmente em pessoas com doenças crónicas ou com 65 ou mais anos de idade. A vacinação é a melhor prevenção, sobretudo para as complicações graves.

«No total terão sido vacinadas cerca de dois milhões de pessoas»

No ano passado quantas pessoa levaram a vacina da gripe?
Estima-se que em 2017/2018 se tenham vacinado 65% das pessoas com 65 ou mais anos, quer com a vacina gratuita no Serviço Nacional de Saúde (SNS), quer adquirindo as vacinas nas farmácias. No SNS foram administradas praticamente a totalidade das vacinas adquiridas (1,4 milhões). O mesmo se passou com as vacinas dispensadas nas farmácias. No total terão sido vacinadas cerca de dois milhões de pessoas.

Quem levou a vacina no ano anterior pode repetir este ano?
Os vírus da gripe estão em constante alteração e a imunidade provocada pela vacina não é duradoura, pelo que as pessoas devem vacinar-se anualmente.